Translate

RÁDIO VIDA EM CRISO

Ouça a Rádio Vida em Cristo FM 89.1, 24 horas no seu computador. A rádio gospel online que toca as melhores Músicas gospel do Brasil. A rádio que vai toca no seu coração.Confira!

Evangelismo

"EU SOU O BOM PASTOR; O BOM PASTOR DÁ A VIDA PELAS OVELHAS." JOAO 10.11

Google+ Followers

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Milhares protestam na Espanha contra custo da visita do papa

 
Diante do olhar de fiéis católicos com os quais estiveram prestes a entrar em confronto, milhares de pessoas saíram às ruas de Madri nesta quarta-feira num protesto contra o custo da visita que o papa Bento 16 fará nesta semana à Espanha, num momento de crescente turbulência social e crise econômica no país.
Susana Vera/Reuters
Manifestantes protestam contra custo da visita do papa Bento 16 na praça Puerta del Sol em Madri
Manifestantes protestam contra custo da visita do papa Bento 16 na praça Puerta del Sol em Madri
Cerca de 4.000 pessoas, segundo a polícia, percorreram o centro de Madri com lemas como "Deus sim, Igreja não", "Não com meus impostos" ou "Esta não é a juventude do Papa".
Manifestantes de todas as idades participaram do protesto, sob o slogan "Dos meus impostos, zero para o papa." Bento 16 irá à capital espanhola no fim de semana para celebrar a Jornada Mundial da Juventude, com a participação prevista de centenas de milhares de pessoas.
"Isso está custando muito dinheiro para o Estado espanhol, que está passando por um período ruim", disse Rosa Vázquez, de 55 anos, que levava um cartaz com os dizeres: "A religião é o ópio do povo, não se drogue com os nossos impostos."
O papa chega a Madri na quinta-feira para uma programação que culmina no domingo com uma missa campal no aeroporto de Cuatro Vientos, nos arredores da capital, na qual são esperadas mais de 2 milhões de pessoas.
A passeata de quarta-feira -- reunindo também homossexuais, ateus e até alguns padres - transcorreu de forma pacífica.
A manifestação passou pela conhecida Porta do Sol, onde os manifestantes encontraram-se com centenas de fiéis, com alguns dos quais acabaram tendo momentos de tensão, separados por um forte cordão policial.
Alguns peregrinos gritavam "Viva o Papa" e "Esta é a juventude do Papa", sendo que alguns deles rezaram e cantavam durante a passagem da marcha, enquanto os manifestantes respondiam com "eu sou pecador, pecador, pecador".
Um dos manifestantes, Ignacio, de 18 anos, sangrava pelo nariz, após ter recebido um soco de um fiel.
"Estava na manifestação com meu pai, e um dos católicos me deu um soco na cara", disse, assegurando que vai denunciar o fato à polícia.
A prisão de um manifestante por tentar dar uma garrafada em um agente da polícia acabou também por produzir pequenos confrontos entre policiais e manifestantes quando os oficiais levavam o detido.
"Não somos contra o povo celebrar a visita do papa, mas não concordamos em ter de pagar sem ninguém nos perguntar", disse Nora, de 20 anos, que participou da manifestação, na qual que um cartaz dizia: "O papa viaja, o papa paga."
"Cada um acredita no que quiser, mas se o líder deles vêm, que eles paguem", disse uma jovem.
CUSTOS
Segundo os organizadores do protesto, as administrações estatal, regional e local gastaram cerca de 100 milhões de euros para a Jornada Mundial da Juventude e na segurança para a visita do Papa, alojamentos gratuitos em colégios e quadras públicas, e a criação de um passe de metrô mais barato, pouco depois de anunciar uma súbita alta do preço do ingresso de 1 para 1,50 euros.
Por isso, no manifesto final da marcha exigiram que as administrações públicas "deixem de conceder heranças antidemocráticas e privilégios próprios de épocas passadas" à Igreja Católica.
Os organizadores da Jornada Mundial da Juventude insistem que os 50 milhões de euros de custo do evento saem em 80% dos próprios fiéis, que devem pagar, e o restante dos patrocínios de grandes empresas.
O governo negou-se a citar cifras
PERDÃO AO ABORTO
Também nesta quarta-feira, o Vaticano autorizou padres a perdoarem o pecado o aborto quando ouvirem as confissões dos participantes da Jornada Mundial da Juventude. A confissão coletiva ocorrerá no sábado, num parque de Madri, na presença do papa.
"Isso é para facilitar que os fiéis que participarem das celebrações do Jornada Mundial da Juventude obtenham os frutos da divina graça", disse a arquidiocese de Madri em nota no seu site.
Duzentos confessionários móveis, brancos, foram montados no parque do Retiro. As confissões poderão ser feitas em várias línguas. O próprio papa estará em um dos confessionários, ouvindo três visitantes, antes de celebrar missa para até 6.000 seminaristas.
Em 11 de agosto, o Vaticano já havia anunciado uma indulgência plenária para todos os jovens que forem ao evento. Essa forma coletiva de indulgência -- uma remissão das penitências temporais por pecados cometidos -- é habitual nas celebrações da Jornada Mundial da Juventude.
 Fonte: Folha.com

Autorizo a todos que quiserem fazer uso dos subsídios colocados neste Blog. Solicito, tão somente, que indiquem a fonte e não modifiquem o seu conteúdo.Deus Abençoe a sua vida e da sua família.
Graça e Paz.

Agradecimento





FEED