Translate

RÁDIO VIDA EM CRISO

Ouça a Rádio Vida em Cristo FM 89.1, 24 horas no seu computador. A rádio gospel online que toca as melhores Músicas gospel do Brasil. A rádio que vai toca no seu coração.Confira!

Evangelismo

"EU SOU O BOM PASTOR; O BOM PASTOR DÁ A VIDA PELAS OVELHAS." JOAO 10.11

Google+ Followers

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

IDENTIFICANDO OS TIPOS

Qual deles é você

Fechamos os olhos por vários motivos. O primeiro passo para mudar esse cenário, e manter os olhos bem abertos, é reconhecer  em qual dos tipos "permisssivos" (aqueles que permitem que os outros o enganem) nos encaixamos. 

O OTIMISTA
O otimista em particular o otimista incurável fecha os olhos porque acha que os sinais são passageiros e que logo a pessoa difícil vai se mostrar como  realmente é: símpática, amiga, bondosa etc. O engano costuma custar caro!

O APAIXONADO
O apaixonado fecha os olhos porque está obcecado não por amor, mas pela carência. A necessidade de ter alguém ao lado é tanta que ele nem leva em conta a personalidade, o caráter desse alguém. Ai, é desastre na certa. " Por exemplo o personagen do ator Tony Ramos em Passione"

O BONZINHO
O bonzinho fecha os olhos porque é incapaz de enxergar a maldade. Pensa que todo mundo é como ele: incapaz de maledicência, de crueldades destrutivas. Por isso é uma  das vítimas preferidas das pessoas destrutivas.

O INGÊNUO
O ingênuo fecha os olhos porque está sempre envolto na capa da ingenuidade. Tem uma pureza interior que como acontece com o bonzinho o impede de ver as coisas como realmente são. Tembém é uma das vítimas prediletas dos destrutivos.

O NECESSITADO
O necessitado fecha os olhos porque tem alguma relação de dependência com a pessoa difícil. Pode ser cônjuge, empregado,subordinado ou até mesmo cantidato a emprego de alguém complicadíssimo. Finge que não vê os sinais por uma questão de sobrenevência. Mas logo percebe que "sobreviver" não é só uma questão financeira ou de estado civil. Sobreviver é, antes de tudo,estar inteiro, estar feliz, O resto é conseqüência.

O DESLIGADO
O desligado nem precisa fechar os olhos eles já estão fechados. Com a cabeça nas nuvens, ele não percebe nada além de  nuvens.Perdido em pensamentos, ou em sonhos, só presta atenção numa coisa: nele mesmo. E aí, claro, tropeça na própria sombra.
Postar um comentário

Agradecimento





FEED