Translate

RÁDIO VIDA EM CRISO

Ouça a Rádio Vida em Cristo FM 89.1, 24 horas no seu computador. A rádio gospel online que toca as melhores Músicas gospel do Brasil. A rádio que vai toca no seu coração.Confira!

Evangelismo

"EU SOU O BOM PASTOR; O BOM PASTOR DÁ A VIDA PELAS OVELHAS." JOAO 10.11

Google+ Followers

sábado, 5 de maio de 2012

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ;LIÇÃO Nº 06

TÍTULO: “TIATIRA, A IGREJA TOLERANTE”DATA: 06/05/2012
TEXTO ÁUREO – II Cor 6.14-15
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Apc 2.18-29

I - INTRODUÇÃO:

Atualmente, existe no mundo uma crença, a cada dia mais emergente, de que não há verdade absoluta. Não existe padrão para o certo e o errado. E o resultado é a tolerância a toda e qualquer crença em nossa cultura. 

Tolerância é divergência admissível de um padrão; é simpatia por crenças ou práticas divergentes ou conflitivas entre si. 

Nada mais nos choca. Tragicamente, ficamos insensíveis ao pecado. A chama de nossa consciência está quase se apagando. Todos os comportamentos (quer normais, quer imorais), são agora admitidos. Em nossa tolerância, abrimos as comportas a todos os tipos de iniquidade. Tudo o que queremos é a tolerância. Estamos prontos a sacrificar a virtude no altar da tolerância. Se continuarmos a rejeitar os valores absolutos, a moral e os bons costumes simplesmente desaparecerão. A Bíblia, a penetrante espada de dois fios, está sendo substituída por um relativismo diabólico. Atualmente, como igreja, toleramos tudo, exceto a intolerância.

II - O CENÁRIO:

Tiatira era um pequeno centro industrial estabelecido na estrada principal entre Pérgamo e Laodicéia.

Era operária, tinha numerosas associações comerciais. Carpinteiros, tintureiros, comerciantes, fabricantes de tecidos e outros profissionais organizaram suas associações fraternais, parecidas com nossos sindicatos. Cada associação tinha seu próprio deus.

Após o expediente, seus membros participavam dos festivais patrocinados pelas respectivas associações. Tais celebrações incluíam banquetes oferecidos aos ídolos e orgias sexuais.

Ao contrário das outras cidades, Tiatira não era centro de qualquer adoração. Ela não tinha grandes templos pagãos, embora tivesse como guardião a Apolo, o filho de Zeus. Quanto à adoração ao imperador, não constituía grande ameaça.

Esta era Tiatira: pequena, operária, rude. Neste cenário, achava-se a Igreja de Cristo.

III - O REMETENTE:

Apc 2.18 - Nesta carta, Jesus identifica-se de maneira proposital para atrair a atenção de Tiatira. Ele começa chamando a atenção desta Igreja em três pontos: - “Isto diz...:

(1) – O FILHO DE DEUS – Ou seja, Aquele que tem autoridade divina. Apesar de ter se tornado homem (qualificado a tomar o nosso lugar, levando-nos os pecados e a culpa sobre a cruz), permaneceu totalmente Deus (nunca deixou de possuir a natureza divina e seu poder, durante Seu ministério terreno).

(2) – QUE TEM SEUS OLHOS COMO CHAMA DE FOGO – Dn 10.6; Apc 1.14 – Fala da sua profunda sabedoria e justo julgamento. Os olhos do Filho de Deus estão prontos a queimar qualquer coisa que a igreja esteja fazendo de errado ou algum pecado que tente esconder. Eles esquadrinham a igreja, com zelos de infinito e ardente amor. Com olhar onisciente, vê os locais mais secretos do coração. Encontra e sonda nosso homem interior; penetra nosso ser e desmascara qualquer fingimento. Descobre nossas pretensões.

Jesus vê o que ninguém pode ver. Julga a essência de nossas atitudes. Avalia nossas motivações. Ele pesa as ambições e observa os pensamentos secretos. Tudo se acha descoberto diante dEle. Nada está oculto a Seus olhos. Este divino olhar é como a chama de fogo; a tudo devassa; consome a tudo o que toca. Todas as coisas na Igreja estão expostas diante dEle. Enganam-se, pois, os que pensam poderem esconder alguma coisa do santo e flamejante olhar de Deus.

(3) – E OS PÉS SEMELHANTES AO LATÃO RELUZENTE – Isto fala-nos não somente da resistência, mas do altar de bronze do tabernáculo (Ex 38.30) e, por extensão, do sacrifício de Cristo, pelo qual Ele triunfou sobre satanás. O Filho de Deus venceu a sua mais dura prova de fogo, cujos pés expressam a Sua vitória. O Filho de Deus não tem qualquer mistura ou contaminação. No Seu ministério aqui e no céu, Ele jamais cometeu quaisquer pecados. Portanto, tem condições de julgar de julgá-los. Seus veredictos não podem ser sobrepostos.

Por que Jesus se revela desta forma?

Tiatira é a Igreja profana. Sua decadência espiritual é patente em Apc 2.20, 22 e 24; tornara-se tolerante com o pecado.

É com esta Igreja que Cristo mais reafirma Sua autoridade: não tolerará o casamento de Seu povo com o mundo. Ele é o Juiz. Se a Igreja tolera o pecado, há de entender também que, além de Bom Pastor, é também Juiz. Os pés do Cristo glorificado estão firmes para julgar a igreja de Tiatira, porque ali se permitia o pecado e era tolerada uma autoridade que suplantava a do Senhor e Dono da Igreja.

Esta carta é um sério alerta à Igreja que flerta com o mundo.

IV - AS FORÇAS DE TIATIRA:

Apc 2.19 - Jesus agora elogia Tiatira. Há claras virtudes pelas quais a parabeniza. Com o Seu olhar como chama de fogo Jesus conhecia sobre a Igreja de Tiatira:

(A) - AS OBRAS – Que em nada eram inferiores às das outras igrejas. Jesus não diz que conhecia o imponente templo, os fervorosos cultos, os eloquentes sermões, os membros corretamente vestidos, mas conhecia “as suas obras”. O Senhor quer ver obras, quer ver o amor e a fé operando e produzindo fruto prático na vida cotidiano de Sua igreja.

(B) – A CARIDADE – Isto é: o amor em ação. Aqueles irmãos não perderam o primeiro amor. Pelo contrário: mostraram um tipo de fidelidade, um amor leal, que era uma resposta e um reflexo do amor de Deus demonstrado no Calvário. Eles eram canais deste amor, que resume e representa todos os outros frutos do Espírito Santo (Gl 5.22-23; II Pe 1.5-7).

(C) - O SERVIÇO – Esta palavra refere-se à expressão grega “diakonia”, traduzida também por “ministério”. É utilizada para designar:

(C.1) – O serviço dos apóstolos, profetas, diáconos e de outros líderes da igreja – At 1.17; 6.4; 20.24; II Cor 4.1; 6.3; I Tm 1.12.

(C.2) – O ministério dos dons do Espírito – II Cor 3.8.

(C.3) – A ajuda, sustento e contribuição aos necessitados, ou seja: o ministério do socorro – At. 6.1; 11.9 – Os crentes de Tiatira tinham um coração voltado aos pobres, aos humilhados, às viúvas, aos órfãos e aos estrangeiros. Seu cristianismo era evidente no viver diário.

(D) – A FÉ – Não somente conservavam a fé em Deus e em Sua Palavra, como também manifestavam o dom da fé.

(E) – A PACIÊNCIA – Aqui tem o sentido de constância, estabilidade e perseverança em meio ao labor e ao sofrimento.

(F) – AS ÚLTIMAS OBRAS, QUE ERAM MAIS DO QUE AS PRIMEIRAS – O trabalho ao Senhor havia crescido de forma progressiva desde o início. Havia uma devoção crescente para com a pessoa de Jesus e um crescimento contínuo do serviço a Ele prestado.

V - A FALHA DA TIATIRA:

Apc 2:20-21 – Apesar de todas as coisas boas que Jesus disse acerca da igreja de Tiatira, contudo, Ele tem outras contra.

O problema estava dentro daquela igreja. Foi iniciado e fomentado por uma mulher apóstata, membro da igreja. Tanto o pastor de Tiatira quanto os seus liderados toleravam aquela mulher, porque a consideravam profetisa. Entretanto, o Filho de Deus a chama de JEZABEL. Ela...

(A) – SE DIZIA PROFETISA.

(B) – COLOCAVA SUAS PALAVRAS E ENSINAMENTOS ACIMA DOS DE CRISTO E DOS APÓSTOLOS.

Como consequencia, ela não somente ensinava que, aos olhos de Deus, era lícito cometer adultério espiritual (participar das adorações idólatras e imorais), como também seduzia, com muita perspicácia, os crentes que procuravam servir ao Senhor e que lhe eram fiéis.

Notemos que aqueles crentes fiéis são chamados por Jesus de “MEUS SERVOS” – Apc 2.20. Isto quer dizer que as boas coisas que Jesus disse da Igreja de Tiatira poderiam ser ditas sobre aqueles crentes fiéis.

Contudo, eles agora estavam sob a influência das profecias e ensinos de Jezabel. Ao darem atenção ao que Jezabel falava, tornaram-se vítimas dessa mulher. Era proeminente e influente; controlava a vida da Igreja. Era o poder demoníaco por trás do púlpito.

De alguma forma, era ela quem dirigia a Igreja. Como agente do poder, puxava as cordas nos bastidores. Ela mesma se intitulara porta-voz de Deus. Mas nem todo aquele que declara falar sobre Deus, fala por Ele. Usando sua influência como profetisa, desviava a muitos. Através de seus ensinamentos, encorajava a seus seguidores a abraçar a imoralidade e a idolatria; levava os incautos a se prostituírem e a comerem os sacrifícios da idolatria.

As falsas doutrinas sempre tem assolado a igreja através dos séculos. Às vezes, não são doutrinas totalmente falsas; são ainda piores: são adulteradas. Somente a visão do Espírito Santo pode dirigir os fiéis na separação entre a palha e o trigo.

As profecias devem ser testadas pelas Escrituras; não podem estar baseadas num único versículo, ou metade num versículo e a outra noutro lugar. As profecias devem estar de acordo com os ensinamentos da Bíblia. Os que pertencem ao corpo de Cristo devem julgá-las (I Cor 14.29). Assim, à medida que nos aprofundamos no conhecimento das Escrituras, o Senhor mesmo iluminará nossos corações e mentes, concedendo-nos Sua maravilhosa luz.


VI - O SOFRIMENTO:

Apc 2.22-23 - Pecado não confessado causa sofrimento. Na lei do universo moral de Deus, sempre colhemos o que semeamos. Esta é a lei dos céus. Eis o que o Senhor reserva a Jezabel.

Estava Jezabel conduzindo seus negócios na cama.

Na Igreja havia um grupo que adulterava com ela continuamente. Por isso Jesus é categórico: EIS QUE EU A POREI NUMA CAMA. Seria punida exatamente no local de seus pecados.

Qual seria sua enfermidade?: Uma moléstia fatal.

“LANÇAR NUMA CAMA” é, provavelmente, o sofrimento ou a doença que levaria Jezabel à morte física.

Numa determinada versão, lemos: FERIREI SEUS FILHOS COM PESTILÊNCIA, ou seja, ENFERMIDADE ou GERMES.

Jesus é claro: - "Se insistirem em suas perversidades sexuais, eu os colocarei de cama, com enfermidades e germes" – Pv 6.27

Noutras palavras, Jesus dizia: - "Disciplinarei Tiatira para que Éfeso veja o exemplo, para que Esmirna não esqueça, para que nenhuma igreja venha a cometer semelhante erro. Disciplinarei Tiatira para que as outras igrejas se corrijam. Não posso deixar seu pecado incorrigido. Se for preciso punir com a morte, fá-lo-ei, para que o espírito de disciplina seja mantido".

Quanto aos seguidores de Jezabel, Jesus faz duas severas advertências:

(1ª) – ATRAVESSARIAM POR GRANDE TRIBULAÇÃO – Isto significa que teriam tristeza e aflições que acarretariam angústia de coração e de alma.

(2ª) – SERIAM FERIDOS DE MORTE – Expressão hebraica de se enfatizar a certeza da morte física. Pode ser também uma referencia à segunda morte, onde perderão não somente suas vidas, mas também a salvação.

Não está implícito que Jesus queira isto. O que Ele deseja é que os tais se arrependam das obras praticadas sob a influência de falsas profecias e ensinos falsos. O Filho de Deus é paciente até mesmo com Jezabel! Ele dá a todos a oportunidade de se arrependerem.

A Igreja precisa saber com urgência, que o Senhor Jesus é mais que um gentil Salvador: Ele é também Juiz – sonda, examina, investiga os rins (considerado pelos antigos como o centro dos sentimentos) e corações, ou seja, sonda a parte mais profunda de nosso ser, nossos motivos, atitudes e sentimentos.

De fato, Ele conhece o que se acha dentro de nós, bem como o que está por detrás de nosso trabalho, obras e ações. Como Juiz imparcial, recompensará a cada um de acordo com as nossas obras, não como as vemos, mas como Ele as vê – Jo 5.22, 30.

VII - A SOLUÇÃO:

Apc 2.24-25 - Jesus agora fala aos que não se envolveram com esta demoníaca profetisa. Nas Igrejas compromissadas com o mundo, há sempre um remanescente fiel. Este era o caso em Tiatira. Eis aí o conselho de nosso Senhor aos fiéis.

Jezabel dizia que seus ensinos eram PROFUNDEZAS DE DEUS. Ou, noutras palavras, mistérios.

Mas, sarcasticamente, Jesus denomina-o de PROFUNDEZAS DE SATANÁS.

Segundo Jezabel ensinava, o crente só conseguiria resistir ao pecado se primeiro o experimentasse.

Parece familiar? Não se parece com a tentação de Eva no Jardim do Éden? - Gn 3.1-7.

Indubitavelmente, a falsa profetisa Jezabel dizia estar dando à Igreja de Tiatira um “ensinamento profundo”, bem como ter alcançado as profundezas das verdades divinas. Na realidade, porém, essa mulher havia conduzido o povo às profundezas do inferno.

Satanás tem as suas “PROFUNDEZAS”, mas não se comparam, nem de longe com “AS PROFUNDEZAS DE DEUS” – Leiamos I Cor 2.9-16.

Por isso, Jesus reconhece que nem todos na igreja haviam dado ouvidos às falsas profecias e aos ensinos sedutores desta Jezabel. Esses crentes estão inseridos no rol daqueles que não conhecem AS PROFUNDEZAS DE SATANÁS, mas, sim, AS PROFUNDEZAS DE DEUS, porque possuem a MENTE DE CRISTO.

Em consequencia, Jesus deixa uma palavra de conforto ao restante dos crentes: “NÃO IMPORÁ OUTRA CARGA (RESPONSABILIDADE) SOBRE ELES”.

Os que permaneciam fiéis ao verdadeiro Evangelho e a Jesus, necessitavam, agora, reter firmemente o que possuíam: A FÉ SIMPLES E A OBEDIÊNCIA, ATÉ O RETORNO DO SENHOR. Precisavam ser como os tessalonicenses que, havendo se convertido dos ídolos para Deus, serviam um Senhor que é vivo e verdadeiro, esperando dos céus a Seu Filho – I Ts 1.9-10.

O serviço prestado, enquanto se espera a volta de Cristo, inclui a continuação das boas obras, a perseverança na fé e na obediência.

O conselho de Deus é: ABORRECEI O MAL E APEGAI-VOS AO BEM (Rm 12:9) - Façamos uma pós-graduação em vontade e determinação e aborreçamos o mal.

VIII - A PROMESSA:

Apc 2.26-28 - O Senhor Jesus conclui esta carta com uma palavra de conforto mui necessária. É a promessa àqueles que vencerem à influência sedutora de Jezabel: AUTORIDADE SOBRE AS NAÇÕES, ou seja, permitirá que compartilhemos de Seu poder, autoridade e governo, desfrutando plenamente de Seu triunfo, e ajudando-O a pastorear com a “vara de ferro” as nações que sobreviverem à Grande Tribulação.

A vara do pastor era usada para quebrar os ossos dos predadores do rebanho. Portanto, a profecia aqui é relacionada com as profecias do Salmo 2.8-9 e Daniel 2.34-35, 44-45. A vara de ferro esmigalhará as nações que rejeitarem a Cristo como se fossem feitas de barro – Jo 5.22.

O Salmo messiânico 2.8-9 volta-se à segunda vinda de Cristo para destruir os inimigos de Deus. Quando o Senhor retornar, estabelecerá aqui o Seu reino. Naquele dia, governaremos e reinaremos com Ele. Também participaremos de Sua vinda para julgar a terra.Naquele dia, Cristo governará as nações incrédulas com vara de ferro. Esmagá-la-ás como o oleiro quebra o vaso endurecido. 

Os vasos secos, cozidos e endurecidos são frágeis. Quando atingidos, mesmo por um simples golpe, quebram-se em centenas de pedaços. 

Com cetro de ferro, Jesus reduzirá os pecadores a pequenos cacos. Os perdedores serão severamente destruídos.  Mas aos vencedores, é prometido o privilégio de governarem a terra e julgarem as nações com Cristo.

IX – CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Apc 2.29 - Precisamos prestar muita atenção ao que Jesus diz. Ouvir e não obedecer é não ouvir por completo. O que o Espírito diz nesta carta? Que não podemos tolerar o pecado na Igreja ou em nossas vidas. Temos de lidar com ele de maneira severa.

Cristo precisa visitar muitas de nossas Igrejas. Precisa visitar e avivar os cultos, especialmente onde os líderes toleram a iniquidade. Há muitas “Jezabéis” em nosso meio. 

Se Deus é absolutamente intolerante com o pecado, sejamo-lo também. 

Se a Igreja não for pura, nada terá a dizer ao mundo. Se ouvimos, não temos desculpas; quanto aos que não a ouvirem, serão esmiuçados pelo julgamento que há de vir.
Plano de aula:Pastor Geraldo Carneiro Filho

FONTES DE CONSULTA:

Daniel e Apocalipse – CPAD – Antônio Gilberto
Estudo Sobre o Apocalipse – CPAD – Armando Chaves Cohen
A Vitória Final – CPAD – Stanley M. Horton
A Espada Cortante – Volume Um – CPAD – Orlando Boyer
Alerta Final - CPAD - Steven J. Lawson




































































































































Autorizo a todos que quiserem fazer uso dos subsídios colocados neste Blog. Solicito, tão somente, que indiquem a fonte e não modifiquem o seu conteúdo.Deus Abençoe a sua vida e da sua família.
Graça e Paz.

Agradecimento





FEED