Translate

RÁDIO VIDA EM CRISO

Ouça a Rádio Vida em Cristo FM 89.1, 24 horas no seu computador. A rádio gospel online que toca as melhores Músicas gospel do Brasil. A rádio que vai toca no seu coração.Confira!

Evangelismo

"EU SOU O BOM PASTOR; O BOM PASTOR DÁ A VIDA PELAS OVELHAS." JOAO 10.11

Google+ Followers

sexta-feira, 8 de abril de 2011

O que significa aceitar a Jesus?

O que significa aceitar a Jesus?“Agora que fomos aceitos por Deus pela nossa fé nEle, temos paz com Ele por meio de nosso Senhor Jesus Cristo”(Rm 5. 1).

Introdução
Nesta lição nós iremos entender a importância de aceitar a Jesus como nosso salvador, lembrar que no ato da aceitação, por meio da fé, os pecados nos são perdoados e passamos a ter vida eterna com Deus. Aceitar a Jesus como nosso salvador é a decisão mais séria de nossas vidas, pois trará não apenas o perdão dos pecados, mas também a comunhão com Deus aqui e por toda a eternidade.
Aceitar a Cristo implica ter Jesus como seu senhor, salvador, receber o perdão dos pecados e passar com Deus a vida eterna, que são os fatores inerentes a fé no sacrifício de Cristo pelos nossos erros.
DESCOBRINDO A VERDADE

I. O QUE SIGNIFICA A EXPRESSÃO “ACEITAR A JESUS”
A expressão “aceitar a Jesus” é muito utilizada, e com toda razão, para descrever o momento em que uma pessoa não crente, após ter ouvido a mensagem do evangelho em uma pregação, em uma conversa com amigo, ou na leitura de um folheto ou livro cristão, decide entregar sua vida a Deus, pedindo perdão por seus pecados e crendo que o sacrifício de Jesus na cruz é o suficiente para aproximá-lo de Deus. Com certeza você já recebeu muitos convites na vida. Alguns dele você aceitou, e outros foram considerados não muito importantes, ou simplesmente não puderam ser atendidos. Aceitar a Jesus é o mais importante convite feito, pois Deus é quem convida e nós optamos por aceitar este convite ou não. (Revista Caminho Para o Céu-CPAD).
COMPREENDENDO A VERDADE

II. ACEITAR A JESUS IMPLICA TÊ-LO COMO SEU SALVADOR
Apesar da rebeldia da humanidade em João 3. 16, nós vemos Deus dando a demonstração do seu grande amor quando “amou o mundo de tal maneira, que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Jesus aceitou a nossa punição, pagou o preço por nossos pecados, e nos ofereceu uma nova vida, que comprou para nós. Crer significa colocar nossa segurança em Jesus, o único que nos pode salvar. É confiar nossa vida presente e nosso destino eterno com Cristo. Crer é ter a certeza de que as palavras dEle são fidedignas e de que Jesus tem o poder de transformar-nos em alguém muito melhor. Se você nunca confiou em Cristo, receba está promessa de vida eterna aceitando a Cristo como seu senhor e salvador e creia.
1. Aceitar Jesus implica tê-Lo como seu senhor
Em Romanos 6. 18, “E, libertos do pecado, fostes feitos servos da justiça”. Nesta passagem, vemos que quando aceitamos a Jesus como nosso salvador, deixamos de ser servos do pecado para ser servos de Deus e de sua justiça. Agora estamos ligados a Cristo, Ele é o nosso Mestre e nos dá o poder de praticarmos o bem, não o mal.
APLICANDO A VERDADE

III. ACEITAR A JESUS GARANTE O PERDÃO DE NOSSOS PECADOS
Em Romanos 5.12 nos diz: “Pelo que, por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram”. Como podemos ser culpados Por uma falta que Adão cometeu a milhares de anos? Muitos não acreditam que não é justo Deus nos julgar por causa do erro de Adão. No entanto, cada um de nós confirma a herança que recebeu de Adão com erros cotidianos. Temos a mesma natureza pecaminosa de Adão; estamos sempre inclinados a nos rebelar contra Deus. Mas seremos julgados pelo mal que cometemos; como pecadores, não precisamos de justiça, e sim de misericórdia. Com a prática do pecado recebemos também a morte espiritual, pois, “o salário do pecado é a morte”(Romanos 6. 23). A única possibilidade de nos livrarmos do poder do pecado é aceitando a Jesus como nosso único salvador, isso só pode acontecer através de Jesus, em Romanos 5. 1 nós lemos: “justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo”. O pecado faz com que nós venhamos a ficar separados de Deus, e perdermos a nossa comunhão com Ele. Por isso esse perdão é muito importante, pois ele quebra a barreira que existia entre nós e Deus.
1. Aceitar a Jesus implica tê-Lo como esperança para a eternidade.
A vida eterna é uma realidade para aqueles que aceitam a Jesus como seu Senhor e salvador e para aqueles que o rejeitam. Jesus deixou bem claro a existência do céu e o inferno. Existe apenas duas possibilidades para a vida pós-morte: a eternidade com Deus no céu ou sem Ele, no inferno. Em Mateus nós encontramos Jesus em um de seus ensinos dizendo: “Então, dirá também aos que estiverem a sua esquerda: apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos”. O inferno não é aqui na terra como alguns dizem, nem uma história inventada por pregadores para impressionar seus ouvintes. Ele existe, e Jesus alertou seus ouvintes a que não fossem para lá.

CONCLUSÃO
Clive Staples Lewis, professor de literatura em Oxford, era ateu, mas examinando o evangelho decidiu aceitar Jesus como seu salvador. Em um de seus livros escreveu: “Só há duas espécies de pessoas no final: os que dizem a Deus ‘seja feito a tua vontade’, e aqueles que Deus diz: ‘a tua vontade seja feita’. Todos os que estão no inferno foi porque escolheram. Sem esta auto-escolha não haveria inferno. “Essa é uma descrição perfeita do que acontece na esfera espiritual de quem aceita ou rejeita a Jesus.

Por Márcio Andrade

Deus abençoe!
Graça e Paz.
Postar um comentário

Agradecimento





FEED